Alagada

Chuva, minha filha pergunta – mãe você molhou as plantas? – respondo – molhei – ouço na voz por detrás do meu banco, o de motorista – então é por isso… e o Rio de Janeiro alaga como um banheiro que não tem um ralo proporcional a vazão da água do chuveiro… e tá todo mundo sorrindo e tá todo mundo feliz, com os seus carros sobre as calçadas, evitando uma perda maior do que a da vergonha…

O palhaço que reclama da cidade cheia é aquele que joga o panfletinho e as garrafinhas de água mineral – tão necessárias no calor de 40°, no chão da rua acreditando piamente que só vai pagar pelo o que fez quando estiver tentando entrar no paraíso… sou mais de acreditar que aqui se faz aqui se paga e isso acontece bem rápido, e por mais que não seja uma cidadã exemplar – afinal atraso o pagamento dos impostos – fico com o troco do carma dos outros, perdi a placa dianteira – R$18,00 no DETRAN e o final da noite, sobre uma calçada a 100 metros se casa.

Hã, entre a câmera do celular e o gol prata ali do outro lado tem uma rua… coisa de 45cm de água, juntando as calçadas.

minha casa é logo ali...

Anúncios

Fala comigo!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s