Arquivo da categoria: tem que ser feito

Testes de “lavabilidade”!

 

No estilo de Trabalho Sujo, por Lilo!

Anúncios

Benjamin Abrahão

sempre que vejo um acho que não vou aguentar inteiro…

chame como quiser eclair, bombinha, carolina

 

hummmm

Um bom motivo para se mudar para São Paulo!

Benjamin Abrahão a padaria mais adorada pela minha família.

Férias de Julho 2012

Sempre que pude, depois dos 12 ano,s passei minhas férias em São Paulo e isso aconteceu até os meus 17 anos, ou seja 5 anos de férias, feriados, datas comemorativas em Sampa… eta lugar que eu gosto!

Gosto? Sei lá, já se vão mais de 14 anos sem por os pezinhos na terra da garoa, só pra constar, nunca vi a garoa!

Gosto, tenho em São Paulo boas recordações e umas nem tanto mas numa média ponderada tive mais momentos felizes do que não tão felizes nessa terra que há de me receber nessas férias…

Mais motivos para gostar do local? Um primo-irmão e um irmão… um bom amigo – resumindo três irmãos e a padaria do Benjamin Abraão… e uma queda pelo asfalto, e isso não falta… ah, as calçadas largas e a Liberdade também são pontos fortes da cidade.

Não vou me ater no blábláblá de gastronomia e baladas e noitadas, ao meu ver isso é consequência, é um bônus que eu ganho por gostar de uma cidade que os cariocas eu não sou carioca não são muito chegados, é caso de amo ou odeio… eu sempre amei… mas vamos ver se em 6 dias eu consigo matar as saudades da cidade e apresenta-la a minha pequena, não tão pequena de 11 anos… será que ela vai gostar? Odiar? Ela é carioca então só depois vou poder descobrir… depois de desbravar a parte que chamo de São Paulo com ela e a minha irmã que vai me fazer a delicadeza de sair de Teresina e me encontrar para bater perna na (pelo que me avisaram) cidade gelada.

Como esse blog é sobre fotos, acredito que quando eu voltar vou estar cheia de coisitas para escrever… por enquanto para ilustrar vou por o mapa de coisinhas que quero fazer!

Desapego

Um exercício difícil, uma atitude positiva, uma limpeza de tranqueiras inúteis…

Um trabalho físico e mental imensos… imagine para uma criança?

Minha sorte foi que dessa vez quem ajudou foi o pai… porque se fosse comigo… ou tudo estaria no lixo por falta de paciência ou estaríamos perdidas no quarto até a faxineira vir na semana que vem…

Maquete do Engenho de Açúcar

Eu sou uma mãe tão participativa e me juntei em um grupo de pais tão participativos quanto eu que no final das contas a nota da maquete pode ser repassada diretamente para o meu currículo.

Mas como a nota é para as crianças, façamos de conta que a gente só ajudou as crianças e a professora faz de conta que acredita.